O olhar estranhamente doméstico de Silvina Ocampo no conto "A casa de açúcar"

PÔSTER - XVII Congresso Internacional ABRALIC

Rafaela Fernanda Leandro

ORIENTAÇÃO: Wilson Alves-Bezerra

RESUMOS: A casa assombrada figura um subgênero literário de relativa relevância na literatura ocidental, cujos exemplos paradigmáticos são os contos "A Queda da Casa de Usher" (1839), de Edgar Alan Poe, e "Casa Tomada" (1946), de Júlio Cortázar. Esta comunicação se volta para este imaginário literário ao analisar a representação do espaço no conto “A Casa de açúcar” (1959), em função da relação do inquietante freudiano (FREUD, 1919) e do olhar doméstico que atravessam a narrativa. Ao passo que se desdobram de forma articulada as transformações insólitas na casa e nas personagens do conto, ressoa a sugestão de que exista uma interação profunda entre a casa e seus habitantes. Em minha leitura, o espaço íntimo do lar burguês se torna elemento central nas transformações que seguem em “A casa de açúcar”, sendo este espaço privado marcado pela presença feminina que se faz sentir na manutenção e no cuidado com o lar. A partir do conceito freudiano do estranho e à luz da tradição da casa assombrada representada por Poe e Cortázar, pretende-se analisar o olhar singular de Silvina Ocampo sobre essa tradição literária dos modos de imaginar a casa, e de que maneira ela agrega uma nova maneira de se retratar o espaço privado da casa na literatura sulamericana, uma vez que o gênero como ferramenta crítica permite refletir sobre as construções sociais e históricas que produzem percepções díspares sobre as representações.

PALAVRAS-CHAVE: mulheres e literatura; literatura hispanoamericana; o inquietante.

REFERÊNCIAS: CORTÁZAR, Julio. Casa Tomada. Bestiário. Buenos Aires: Sudamericana Sociedad Anónima, 1974. FREUD, Sigmund. O Inquietante. In: Obras completas, v. 14: História de uma neurose infantil (“O homem dos lobos”), além do princípio do prazer e outros textos. Tradução: Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2013. p. 329-376. POE, Edgar Alan. A Queda da Casa de Usher. Tradução: Domingos Demasi. São Paulo: Melhoramentos, 2014. OCAMPO, Silvina. La Casa de Azúcar. In: Cuentos completos. 3 ed. Buenos Aires: Emecé, 2010.