O imaginário de fãs nas fanfictions de ficção científica

PÔSTER - XVII Congresso Internacional ABRALIC

Sabrina Santos dos Santos

ORIENTAÇÃO: Profª. Drª. Elizabeth Gonzaga de Lima

RESUMOS: A ficção científica é uma narrativa instigante que aborda a dicotomia presente-futuro por meio do diálogo entre conhecimento científico e imaginário. Histórias envolvendo robôs, carros espaciais, viagens no tempo, guerras biológicas ou intergalácticas provocam o estranhamento, mas, ao mesmo tempo, a sensação de familiaridade do leitor.o. Segundo Tavares (1986), uma boa história de ficção científica caracteriza-se por mostrar um universo diferente, em geral mais complexo, coerente, mas que suscita o pensar. Os fãs do gênero foram responsáveis pelas primeiras publicações amadoras, as fanzines, já na década de 1930, que, na contemporaneidade, se renovaram por meio das plataformas digitais. Dentre essas, a Wattpad, que permite aos leitores/fãs exercitarem a imaginação reescrevendo a produção original e elaborando novos enredos. Pretende-se analisar a fanfic de ficção científica Alcaline, romance cyberpunk composto por um cenário high tec e low life (alta tecnologia e baixa qualidade de vida), ficcionalizando a desigualdade social estabelecida pelas grandes organizações mundiais detentoras das tecnologias de ponta e extraordinárias aventuras de hackers lutando contra o sistema dominador. Depreende-se que, a partir desse enredo, o ficwriter (escritor de fanfic) ancora-se em um profícuo imaginário para reescrever criativamente o texto de ficção científica ao remixar em Alcaline a obra Neuromancer, os filmes Matrix, Blade Runner, Jumper e a série Impulse, veiculada no Youtube.

PALAVRAS-CHAVE: ficção científica; wattpad; fanfics; Alcaline.

REFERÊNCIAS: TAVARES, Bráulio. O que é ficção científica. São Paulo: Brasiliense, Coleção Primeiros Passos, 1986.