Da Ordem ao Caos: Uma análise dos elementos narratológicos em "Avalovara"

PÔSTER - XVII Congresso Internacional ABRALIC

DANILO BRASIL CARVALHO OLIVEIRA MARQUES

ORIENTAÇÃO: Maria Aracy Bonfim

RESUMOS: “Avalovara” de Osman Lins é um romance brasileiro que acompanha a jornada de Abel, um jovem escritor, e seu relacionamento com três mulheres: Anneliese Roos, uma mulher feita de cidades; Cecília, uma mulher feita de pessoas; e uma personagem nomeada apenas por um símbolo cujo corpo é feito de palavras. Em seu percurso e experiências com estas três mulheres, Abel vai compreendendo seu papel como escritor no mundo, enquanto reflete sobre diversos elementos que existem na relação entre autor e obra. Tendo em vista a temática central como sendo uma obra intrinsecamente ensaística e alegórica acerca da criação literária, o presente trabalho busca analisar e identificar os elementos próprios da ciência que estuda o processo de criação e estruturação da narrativa ficcional, conhecida como narratologia, com o objetivo de compreender a tese do autor sobre a construção de uma obra literária. Para esta análise foi realizada uma leitura acadêmica em coletivo com a orientadora da pesquisa, e em paralelo foram feitos estudos de diversas obras que trabalham teoria narrativa. A partir da análise, traçamos um paralelo entre as teorias narrativas base de Tzvetan Todorov, Christopher Vogler e Joseph Campbell com a construção básica da premissa de “Avalovara”. Constou-se então que o romance tem sua linha narrativa pautada em três batidas: os relacionamentos de Abel com Roos (cenário), Cecília (Personagem) e a mulher símbolo (Narrativa), respectivamente os três elementos base de uma história. Somado à esta premissa, o romance também aborda a ordenação de espaço e tempo narrativo com base no Quadrado Sator e no Relógio de Julius Heckenthorn (histórias abordadas nas linhas narrativas S e P). Nossos estudos acerca da obra nos levaram a concluir que “Avalovara” pode ser considerado um romance de formação que busca retratar a formação do próprio gênero ficcional do Romance, utilizando elementos teóricos estruturais da narrativa de retratados de forma alegórica em sua construção.

PALAVRAS-CHAVE: Avalovara; narratologia; Bildungsroman.

REFERÊNCIAS: Lins, Osman. "Avalovara". Companhia das Letras. São Paulo, 2005 SILVA, Leny da. “O nó dos laços: ensaios sobre Osman Lins”. Editora da Universidade de Brasília. Brasília, 2013. TODOROV, Tzvetan. “A Gramática do Decameron”. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Perspectiva 1982. TODOROV, Tzvetan. “As estruturas narrativas”. Trad. Leila Perrone-Moisés. São Paulo: Perspectiva, 2006. TODOROV, Tzvetan. “Introdução à literatura fantástica”. 2° ed. Éditions du seuil. Paris, 1981. University of Toronto Press Incorporated, 1997.